Passar para o conteúdo principal

O que são dados abertos?

O Portal Europeu de Dados recolhe os metadados das informações do setor público disponíveis nos portais de dados públicos em todos os países europeus. Inclui igualmente as informações relativas ao fornecimento de dados e às vantagens da sua reutilização.

Os dados abertos (da administração) são as informações que os organismos públicos recolhem, produzem ou compram (também chamadas informações do setor público) e disponibilizam a título gratuito tendo em vista a sua reutilização para qualquer fim. A licença estabelece as condições de utilização. Os princípios que regem os dados abertos são descritos pormenorizadamente na Definição de Conhecimento Aberto.

As informações do setor público são os dados detidos pelo setor público. A diretiva relativa à reutilização de informações do setor público estabelece um quadro jurídico comum para o mercado europeu dos dados detidos pela administração. Foi construído em torno dos pilares centrais do mercado interno: livre circulação dos dados, transparência e concorrência leal. É importante notar que nem todas as informações do setor público são dados abertos.

Saiba mais sobre a diretiva ISP e sobre outras atividades não legislativas da DG CONNECT nesta área.

Vantagens da utilização dos dados

As vantagens dos dados abertos são múltiplas e podem ir dos ganhos de eficiência das administrações públicas ao crescimento económico do setor privado passando pelo bem-estar-social em sentido lato.

O desempenho pode ser melhorado pelos dados abertos e contribuir para ganhos de eficiência dos serviços públicos. Uma maior eficiência no processo e na prestação dos serviços públicos pode ser obtida graças ao intercâmbio intersetorial de dados, que pode, por exemplo, revelar despesas inúteis.

A economia pode beneficiar de um acesso mais fácil às informações, aos conteúdos e aos conhecimentos, contribuindo assim para a implementação de serviços inovadores e para a criação de novos modelos de negócio.

O bem-estar social pode ser melhorado porque a sociedade beneficia de informações mais transparentes e acessíveis. Os dados abertos fomentam a colaboração, a participação e a inovação social.

Imagem
Benefits of Using Data

 

A economia pode beneficiar de um acesso mais fácil às informações, aos conteúdos e aos conhecimentos, contribuindo assim para a implementação de serviços inovadores e a criação de novos modelos de negócio.

Em 2016, espera-se que o volume de negócios do mercado de dados abertos ascenda a 55,3 mil milhões de euros para a UE 28+. Entre 2016 e 2020, o volume do mercado aumentará 36,9%, atingindo o valor de 75,7 mil milhões de euros em 2020, incluindo correções relativas à inflação. Para o período de 2016 a 2020, calcula-se um volume acumulado de 325 mil milhões de euros.

Imagem
Direct market size

 

Imagem
Jobs created

 

Serão criados novos empregos graças à dinamização da economia e a uma maior procura de pessoal habilitado a trabalhar com dados. Em 2016, o setor privado contará com 75 000 postos de trabalho relacionados com dados abertos na UE 28+. Em 2020, este número rondará os 100 000 postos de trabalho, representando uma criação de cerca de 25 000 novos postos de trabalho diretamente relacionados com dados abertos.

O desempenho do setor público pode ser melhoradopelos dados abertos. Uma maior eficiência no processo e na prestação dos serviços públicos pode ser obtida graças ao intercâmbio intersectorial de dados, que pode permitir um acesso mais rápido às informações. Prevê-se que as economias acumuladas para a UE 28+ em 2020 atinjam 1,7 mil milhões de euros.

Imagem
Saved in costs

 

Os dados abertos resultam em ganhos de eficiência graças à utilização de dados em tempo real que permitem aceder facilmente às informações e melhorar cada tomada de decisão. Avaliaremos pormenorizadamente três estudos de casos: como os dados abertos podem salvar vidas, como podem ser utilizados para ganhar tempo e como os dados abertos contribuem para proteger o ambiente. Por exemplo, os dados abertos permitem salvar 7 000 vidas por ano agilizando o processo de reanimação. Além disso, a aplicação dos dados abertos à gestão do tráfico pode economizar 629 milhões de horas de paragens dispensáveis nas estradas da UE. 

Imagem
Better Decisions

A síntese das conclusões do estudo económico sobre as vantagens dos dados abertos encontra-se aqui:

Read more

Lista das tarefas para a Utilização de Dados

Passos essenciais a cumprir antes de utilizar os dados

Ter acesso aos dados é um primeiro passo. Os dados não constituem um fim em si mesmos. Os dados podem ser utilizados de múltiplas formas e para diversas finalidades. Os dados também podem estar associados a diferentes licenças, formatos e qualidades.

A sua finalidade

Defina a sua finalidade:os dados abertos podem acrescentar valora múltiplas atividades e aos seus múltiplos fins. Os dados abertos permitem fornecer informações sobre um determinado tema que se quer aprofundar ou sobre o qual se pretende escrever (p.ex., jornalismo de dados). Os dados abertos também podem aditar informações necessárias a uma aplicação ou serviço, com pormenores sobre estabelecimentos de ensino se estiver a desenvolver uma aplicação para ajudar os pais a encontrar a melhor escola para os seus filhos. As empresas também podem utilizar dados abertos para melhorar os perfis dos clientes e, assim, satisfazer mais cabalmente as suas necessidades. Quer sejam utilizados para fins privados quer para fins comerciais, os dados abertos oferecem múltiplas possibilidades.

Identifique as etiquetas dos dados: uma vez definida a finalidade dos dados, é importante determinar se estes correspondem às suas necessidades examinando os metadados (dados relativos a dados). Por exemplo, se pretender criar uma aplicação que aconselhe sobre as melhores escolas primárias na sua área, deverá verificar se o conjunto de dados que gostaria de utilizar inclui escolas do ensino primário, abrange a área em causa e dispõe de indicadores de desempenho.

Licença aberta

Verifique o grau de abertura: examine as informações associadas à licença fornecida com o conjunto de dados. Certifique-se da disponibilidade de uma licença que permita utilizar os dados como previsto (verifique por exemplo se a reutilização comercial é autorizada se estiver a desenvolver uma aplicação).

Verifique os requisitos de atribuição: é possível que a licença estipule que os utilizadores dos dados devem citar o publicador, o que significa que deve mencionar o proprietário dos dados quando disponibilizar o seu produto ou serviço. Isto é conhecido por atribuição de autoria.

Verifique os requisitos de compartilhamento:caso a licença indique que as pessoas que combinam dados com outros dados devem publicar os resultados obtidos como dados abertos, tal implica que os seus próprios dados têm de ser divulgados ao abrigo de uma licença similar quando adicionar outros dados à fonte original. Isto é conhecido por compartilhamento (share-alike). Certifique-se de que a licença corresponde à utilização que pretende dar aos dados.

Open Licence Assistant

Na ausência de uma licença, não existem informações sobre o termos e condições aplicáveis! Consulte o proprietário dos dados sobre as utilizações permitidas.

Formato do ficheiro

Depois de ter decidido que um determinado conjunto de dados corresponde exatamente ao que procura, poderá descarregar os conjuntos de dados em vários formatos. Escolha o tipo de ficheiro mais adequado em função dos seus conhecimentos de informática. O formato mais comum para dados tabulares é ‘.csv’. Permite-lhe adicionar outras informações ao ficheiro ou fazer cálculos com os dados. Os conjuntos de dados que podem ser modificados são publicados em formato de ficheiro aberto. A maioria dos conjuntos de dados está disponível neste formato, mas tenha em conta que alguns formatos (p.ex. ‘.pdf’) não são modificáveis.

Qualidade dos dados

A página que contém o conjunto de dados que pretende descarregar deve indicar a última data de modificação do ficheiro. Se precisar de dados correspondentes a um determinado período, deve verificar se são dadas informações sobre o período de tempo ou se a página foi atualizada recentemente. Convém verificar se o ficheiro contém realmente as informações em que está interessado e se compreende o significado das diferentes etiquetas.

Segue-se uma breve lista de controlo elaborada pelo Open Data Institute:

Formato

  • Como foram processados os dados?
  • Estão em estado bruto ou foram processados?
  • De que modo o seu formato irá afetar a sua análise/produto/aplicação?
  • Que transformações sintáticas (linguagem) e semânticas (significado) serão necessárias?
  • Estes dados são compatíveis com outros conjuntos de dados de que dispõe?

Qualidade

  • Até que ponto os dados são atuais?
  • Com que frequência são atualizados?
  • Compreende todos os campos e o seu contexto?
  • Durante quanto tempo serão publicados? Qual é o compromisso com o publicador?
  • O que sabe sobre a exatidão dos dados?
  • Como são tratados os dados omissos?

Consulte o Portal Europeu de Dados e descubra como pode satisfazer as suas necessidades em matéria de informação.